Tecnologia ao serviço do salvamento de vítimas

Bombeiros portugueses aperfeiçoam técnicas operacionais de desencarceramento com recurso a inovadoras ferramentas elétricas profissionais

  • Bombeiros de todo o país adquirem novas skills em formação técnica operacional
  • Inovação e Tecnologia ao serviço de um salvamento mais rápido e seguro
  • Treino promovido pela Heavy Rescue Portugal e Bosch Ferramentas Elétricas Profissionais

A Divisão de Ferramentas Elétricas Profissionais do Grupo Bosch, empresa internacional líder no fornecimento de tecnologia e serviços, e a Heavy Rescue Portugal, entidade especializada na formação e treino técnico na área da proteção e socorro, realizaram um treino técnico operacional em desencarceramento destinado aos bombeiros portugueses.

Com o objetivo de aplicar a tecnologia e a inovação ao serviço de um mais rápido salvamento de vítimas encarceradas em diferentes acidentes rodoviários, mais de 30 bombeiros de várias corporações do país estiveram envolvidos numa formação prática de desencarceramento, cujas manobras operacionais foram realizadas com o apoio de ferramentas elétricas profissionais sem fios, como por exemplo ferramentas para corte de chapa metálica. Estiveram representados os distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Faro, Leiria, Lisboa, Porto, Santarém e Setúbal.

Em cenários reais, os bombeiros participaram em ações de desencarceramento de acidentes rodoviários com veículos pesados de passageiros e ligeiros de passageiros, permitindo a atualização do conhecimento das equipas de salvamento através do contacto com a mais recente tecnologia disponível a nível de ferramentas elétricas profissionais sem fios adequada ao trabalho destes profissionais.

“Os desafios permanentes na procura da evolução da segurança rodoviária encontram expressão na redução da sinistralidade rodoviária. Queremos que os Bombeiros Portugueses estejam o mais bem preparados possível e com conhecimento atualizado para conseguirem levar a cabo operações de desencarceramento o mais rápido e bem-sucedida possível. A tecnologia faz parte desta equação”, sublinha Cristina Almeida, Bombeira com mais de 20 anos de experiência e formadora da Heavy Rescue Portugal.

Isabel Machado, Retail Marketing da Bosch para a área de Ferramentas Profissionais afirma que “A segurança é uma das principais áreas de enfoque da Bosch. É muito importante assegurar que o profissional possa cumprir os máximos níveis de exigência enquanto a segurança no seu trabalho diário. O mesmo se aplica também aos profissionais que diariamente trabalham para salvar outras pessoas. Neste caso em concreto, o resgate seguro da vítima depende em grande medida da segurança do profissional. Temos um vasto programa dedicado à segurança e proteção, designado de “PROtection”, onde se integra uma ampla gama de ferramentas também utilizadas pelas corporações de Bombeiros. Efetivamente, complementada com as muitas horas de experiência de terreno dos bombeiros portugueses, a nossa tecnologia pode contribuir para salvar vidas mais rapidamente, reduzindo consideravelmente o tempo de uma operação de extração de uma vítima encarcerada.

Adicionalmente, apostamos continuamente em novos padrões de segurança para que os Bombeiros possam fazer o que melhor sabem também eles em segurança. As nossas ferramentas elétricas profissionais possuem sistemas inovadores para proteger os bombeiros, como por exemplo o KickBack Control em que se o sensor integrado detetar um bloqueio súbito durante o processo de trabalho – por exemplo, se a lâmina de corte prender – o motor desliga numa fração de segundos, ou o sensor de quedas, Drop Control, que desliga imediatamente a ferramenta em caso de uma queda inesperada, para impedir qualquer tipo de lesão do profissional.


Inovações em Ferramentas Elétricas Profissionais usadas no treino

Para o trabalho dos Bombeiros, que requer total rapidez de movimentos e capacidade de ação, foram utilizadas ferramentas sem fios. As baterias em uso nas ferramentas têm de garantir um trabalho contínuo, sem interrupções por motivos de falta de carga e com uma elevada performance sempre assegurada. No treino das técnicas operacionais de desencarceramento realizado com os Bombeiros foi usada a mais recente tecnologia da Bosch a nível de baterias de alto rendimento – as baterias ProCORE18V.


Baterias ProCORE18V

As novas baterias ProCORE18V da Bosch Ferramentas Elétricas Profissionais de 4,0, 8,0 Ah são as baterias de alto rendimento mais compactas do mercado. A combinação entre a nova geração de materiais com maior capacidade e o design das baterias com tecnologia CoolPack otimizada, torna possível um formato compacto com uma emissão de energia superior. Desta forma, por exemplo, a ProCore18V de 8,0 Ah fornece cerca de 90% mais potência do que as baterias de 18V convencionais. Vantagem para os Bombeiros: progredir mais rapidamente no seu trabalho de desencarceramento. Adicionalmente, com o GAL 18V-160 C Professional, a Bosch Ferramentas Elétricas Profissionais disponibiliza o mais rápido e primeiro carregador do mundo conectado em rede para baterias de 18V. Desta forma, os Bombeiros têm sempre as baterias prontas a usar para as suas ferramentas.

Estas baterias, com a tecnologia CoolPack têm uma vida útil consideravelmente mais longa do que as baterias convencionais. Possibilitam a realização de aplicações exigentes por um longo período. A dissipação de calor de dentro para fora é maximizada pela interação de vários componentes: a carcaça e os dissipadores térmicos no interior, que envolvem cada elemento por inteiro, são produzidos em polietileno de alta densidade. Tanto o material como o design especial, visando maximizar a área de superfície, facilitam uma melhor dissipação de calor. Adicionalmente, a bateria foi desenhada sem folgas internas, o que garante que o calor produzido não seja acumulado no interior. Os melhorados conectores de células, em cobre, proporcionam resistências mais baixas e mais energia como resultado. A bateria possui ranhuras especiais para a dissipação de calor durante o processo de carregamento. Esta função de refrigeração significa que a bateria pode ser carregada muito rapidamente.

Francisco Rocha, Diretor da Escola Portuguesa de Salvamento partilhou a sua opinião sobre as novas baterias, considerando que “a performance da nova bateria de 8,0 Ah é excelente. Percebemos que a durabilidade é enorme, pois cortamos imensas coisas, promovemos realmente o desgaste das máquinas e a bateria aguentou-se com uma performance alta, exatamente o que precisávamos em termos operacionais”.

Já a Bombeira de Primeira do Corpo de Bombeiros Voluntários de Algés, Carmen Moreno, considerou que “as novas baterias, tendo em conta que já trabalhei com ferramentas a bateria da Bosch no passado, têm um rendimento superior às anteriores. Tivemos uma tarde inteira a fazer exercícios com as ferramentas e em vários cenários e a autonomia foi claramente superior”.

Luís Gaspar, Comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários do Cadaval, afirmou que “a autonomia destas baterias vêm desmistificar um pouco o receio dos Bombeiros face à autonomia das ferramentas para o tipo de atividades que realizamos. Foi dado um passo em frente e hoje é-nos permitido ter as baterias ProCore que asseguram a autonomia suficiente para resolvermos as ocorrências de desencarceramento”.


Serra sabre sem fio, GSA 18V-32 Professional

Numa operação de desencarceramento em viaturas ligeiras ou pesadas, os Bombeiros são confrontados com a necessidade de corte de materiais das viaturas para um seguro e rápido resgate da vítima. Estas operações de corte acontecem com a ajuda de ferramentas, sendo a Serra Sabre sem fio, GSA 18V-32 Professional da Bosch, um dos principais aliados para o Bombeiro, pois é compacta, potente e com um nível de vibrações muito reduzido.

Esta serra está equipada com um punho inovador que permite segurar e manusear confortavelmente a ferramenta em diferentes posições, mesmo em trabalhos muito exigentes acima do nível da cabeça ou em locais de difícil acesso, o que acontece precisamente em viaturas sinistradas. O interruptor de formato alargado é outro dos elementos que contribuem para o elevado conforto de utilização: é fácil de acionar mesmo quando se está a segurar a ferramenta em posições extremas. Dispõe ainda de um sistema de amortecimento ativo das vibrações, reduzindo-as praticamente na totalidade, resultando para o Bombeiro numa redução da fadiga.

Esta serra sabre da Bosch dispõe de pré-seleção da velocidade de corte para cortar uma grande variedade de materiais, e função de arranque suave, graças à qual todos os cortes são iniciados com elevada precisão – um fator de extrema importância para assegurar o menor impacto possível da operação de corte de materiais na estabilidade da vítima encarcerada.

Para os Bombeiros o desempenho de corte é também assegurado pela própria lâmina de corte, que deve apresentar uma elevada resistência. As lâminas usadas neste treino operacional, fornecidas pela divisão de Acessórios da Bosch, foram as lâminas de serra de metal duro VehicleRescue, especificamente projetadas para resgates em acidentes rodoviários.

Francisco Rocha, Diretor da Escola Portuguesa de Salvamento, sublinhou a propósito da nova serra sabre: “É uma ferramenta fantástica. Tem uma grande resistência e capacidade de corte. Nos exercícios conseguimos cortar tudo aquilo que pretendíamos e a ferramenta deu provas da sua capacidade. Falo quer da ferramenta, quer da lâmina de corte”.


Lâminas S 957 CHM e 1157 CHM Endurance Vehicle Rescue da Bosch

As lâminas de serra sabre de carboneto Endurance for Vehicle Rescue asseguram um corte efetivo em aço de alta resistência. Os seus dentes de carboneto asseguram a máxima eficiência de corte, em operações de resgates e desmontagem de automóveis. A espessura da lâmina (1,35 mm) oferece uma excelente estabilidade para corte de metal, enquanto o corpo cónico e o primeiro dente esmerilado com relevo permitem cortes de imersão.

Os dentes estão soldados a um corpo de aço altamente elástico com tecnologia de carboneto, tornando-a apta até para os materiais mais resistentes. As lâminas têm um comprimento standard de 150 e 225 mm respetivamente.

Carmen Moreno, Bombeira de Primeira do Corpo de Bombeiros Voluntários de Algés, afirmou que “a nova serra sabre é uma ferramenta bastante boa. A lâmina oferece elevada resistência, consegue cortar pilares e conseguimos executar trabalhos que habitualmente se fazem com uma tesoura, mas agora de uma forma muito mais rápida e com menos força, graças a estas novas ferramentas”.

Já Luís Gaspar, Comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários do Cadaval partilhou que “a serra em si, a ergonomia, a forma rápida com se encaixa e desencaixa a lâmina e a forma como permite ao bombeiro trabalhar, é completamente diferente do que existe no mercado. Está na vanguarda. As lâminas fazem totalmente a diferença, porque cortam qualquer tipo de material, têm vários tamanhos e isso também nos dá flexibilidade no local de trabalho”.


Outras Inovações Bosch

No treino técnico operacional foram usadas outras soluções tecnológicas da Bosch adequadas ao trabalho dos Bombeiros no âmbito do desencarceramento.

Foram utilizadas as aparafusadoras de impacto sem fio GDX 18V-200 ou a GDS 18V-EC 250 Professional da Bosch, com 200 e 250 Nm de binário respetivamente, importantes para desapertar porcas de segurança ou parafusos. Aparafusadoras potentes, de tamanho compacto e peso reduzido para um manuseamento mais fácil e rápido.

No cenário de operações esteve também presente a Aparafusadora sem fio GSR 18V-85 C Professional da Bosch também com sistema de segurança KickBack Control, entre outras ferramentas elétricas.

Novidades para profissionais Bosch

Como professional que é, gostaria de estar sempre um passo à frente?

Registe-se já!